A polícia prendeu o grande chefão do tráfico internacional em sua mansão em Barueri, na Grande São Paulo. O cara tinha feito quatro plásticas para evitar ser reconhecido, mas acabou virando o Quasímodo.

Agora, me diga: você venderia uma mansão para um sujeito com essa cara?

Na boa, isso deve ter atraído ainda mais a atenção sobre ele. Os vizinhos deviam comentar:

- Rapaz, você viu o cara que acabou de se mudar?
- Estranho, né? Outro dia vi o dito-cujo tirando um monte de pacotes de pó branco do porta-malas.
- Ah, é? Isso eu nem notei. Mas a cara dele…

Até que um dia o primeiro vizinho deve ter ligado para a polícia para fazer uma denúncia anônima:
- Alô? É da polícia? Sim, eu tenho uma denúncia. É que o Quasímodo se mudou aqui para o lado da minha casa!

Aí a polícia foi ver, era o Abadía.

Tudo bem que o cara queria se disfarçar, mas podia ter arrumado um cirurgião melhorzinho. Se bem que isso explica outro grande mistério do mundo das plásticas: vai ver o Michael Jackson estava fugindo também.

Comentários

comentários

Powered by Facebook Comments