Justiça decide : Esperma é propriedade da mulher!

Usar esperma para engravidar sem autorização do homem não caracteriza
roubo porque “uma vez ejaculado, o esperma se torna propriedade da mulher”

O entendimento é de uma corte de apelação em Chicago, nos Estados Unidos, que devolveu uma ação por danos morais à primeira instância, para análise do mérito .

Nela, o médico Richard  Phillips acusa a colega Sharon Irons de “traição calculada,  pessoal e profunda”, ao final do relacionamento que mantiveram há seis anos.

Sharon teria guardado o sêmen de Richard, depois de fazerem sexo oral, e usado o esperma para engravidar.

Richard Phillips alega ainda que só descobriu a existência da criança quando Sharon ingressou com ação exigindo pensão alimentícia.

Depois que testes de DNA confirmaram a paternidade, o médico processou Sharon por danos morais, roubo e fraude.

Os juízes da corte de apelação descartaram as pretensões quanto à fraude e roubo, afirmando que “a mulher não roubou o esperma”.

O colegiado levou em consideração o depoimento da médica, onde ela afirma que quando Richard Phillips ejaculou, ele entregou seu esperma, deu “de presente” (?!?!).

Para o tribunal, “houve uma transferência absoluta e irrevogável de título de propriedade, já que não houve acordo para que o esperma fosse devolvido”.

Agora é oficial:

Os homens não mandam em PORRA nenhuma!kkkkkkkkkkkkkk

Comentários

comentários

3 comentários em “Justiça decide : Esperma é propriedade da mulher!

  • Pingback:Justiça decide : Esperma é propriedade da mulher!

  • 14/04/2011 em 10:43
    Permalink

    História falsa …

    O espermatozóide não sobrevive no máximmo 5 segundos quando em contato com a saliva/boca, pois trata-se de um ambiente totalmente inverso as suas necessidades de sobrevivência, além do que a saliva contém ptialina, que interfere em sua sobrevivência.
    A boca possui ácidos e bactérias que matariam o epermatozóide quase que instantâneamente quando ocorresse o contato, pois o corpo entende que tudo que vai a boca, é para ser digerido e faz parte do processo de digestão “apodrecer” a comida para facilitar a absorção pelo corpo humano.
    Até mesmo para engravidar, é necesário que o PH da vagina esteja em um nível perfeito para que ocorra a fertilização de maneira natural, se não, mesmo na vagina, os espermatozóides não sobrevivem.
    Se a ejaculação tivesse ocorrido em um copo, devidamente esterilizado ou mesmo em uma camisinha (situação que não ocorre em camisinhas lubrificadas com espermicida, pois esse liquido mata os espermatozóides), os espermatozóides sobreviveriam até 72 horas.
    Há estudos que comprovam que dentro de uma mulher, o espermatozóide pode sobreviver até 7 dias (PQP !!!), desde que todos os fatores sejam favoráveis.

    Resumindo: a história relatada é infundada e totalmente contrário a todos os estudos científicos já realizados.

    CHEGA DE E-MAIL COM MENSAGEM FALSA !!! ISSO É UM VIRAL SEM PÉ NEM CABEÇA, ESPALHADO POR PESSOAS SEM UM MÍNIMO DE INTELIGÊNCIA PARA SABER QUE A HISTÓRIA É TOTALMENTE IMPOSSÍVEL !!

    Resposta
  • 26/07/2012 em 00:06
    Permalink

    gozei na boca de uma menina to com medo ela ter pegado e coloca do na vagina pode ter chance de engravidar c passar a ter contato com a saliva

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *