Afffffff esse entrou na lista de “desempregados” da Dilma com certeza!!! kkkkk

O Google foi criticado nesta semana, após um dos seus engenheiros por em um aplicativo de fotos duas pessoas negras como “Gorilas” sendo classificados em uma das piores atitudes racistas possíveis. No dia 28 de junho de programador de computador Jacky Alcine descobriu que o recurso de marcação manteve fotos dele e sua namorada como “gorilas”. Ele twittou no Google perguntando que tipo de imagens da amostra a empresa tinha usado que permitiriam que um erro tão terrível acontecer.

Veja o vídeo:

Como parte do novo aplicativo Fotos, fotos dos usuários pode ser marcado e arranjado automaticamente com base em objetos nas fotos. Por exemplo, fotos dos arranha-céus estão todos dispostos em um álbum devidamente rotulados “arranha-céus”. O recurso tag aprende à medida que recebe mais dados, refinando o seu método para reconhecer e categorizar objetos. O recurso é falho, mas a categorização não é o único passo em fotografia que as empresas tiveram problemas.

Durante anos, a Kodak usou um revestimento em seu filme que favoreceu os tons de pele do Cáucaso, tornando-o mais difícil de filmar pele mais escura. Nikon e outros fabricantes de câmeras ao consumidor também tiveram uma história de mostrar viés de rostos brancos com o seu software de reconhecimento facial. Zunger diz que o Google teve problemas semelhantes com reconhecimento facial devido a uma análise inadequada de tons de pele e iluminação. “Estamos habituados a ter um problema com as pessoas (de todas as raças) que está sendo marcado como cães”, diz Zunger.

Google tentou corrigir o algoritmo, mas finalmente foi removido o rótulo gorila completamente. Zunger observou que a empresa está trabalhando em correções de longo prazo que giram em torno de rótulos que pode ser problemática e melhor reconhecimento de rostos de pele escura.

google atitude racista fotos gorila

Comentários

comentários